O que é rinomodelação

A rinomodelação é um procedimento inovador e recém chegado ao ramo da estética, que ajuda a resolver defeitos e deformidades no nariz. Diferentemente da rinoplastia, que recompõe toda a área do nariz cirurgicamente, esse novo procedimento basicamente é a injeção de uma substancia preenchedora e modeladora, em geral o ácido hialurônico.

A rinomodelação é indicada, para a retirada de pequenos defeitos na região do nariz, pois não consegue diminuir o tamanho do nariz, remodelar um osso ou afila-lo como a rinoplastia faz. Por isso ela surgiu também como opção para quem precisa dar um retoque após tal procedimento.

Indica-se que seja usado um profissional da área e bons produtos por ser um procedimento delicado, contudo não se sente dor nem antes, durante ou depois do procedimento, pois usa-se uma anestesia local para garantir a tranquilidade do paciente.

Full Face – 3 procedimentos para rejuvenescer seu rosto

Full Face é uma técnica da Harmonização Facial que tem como conceito a junção de 3 procedimentos para se obter o tão sonhado rejuvenescimento facial. A técnica promoverá um Lifting Facial. São utilizados Fios de Sustentação para reposição dos tecidos, preenchimento dando volumes as área necessárias e toxina Botulínica para paralização das rugas dinâmicas.

Técnicas combinadas para realçar a sua beleza!

Toda tecnologia e a preocupação com o envelhecimento, não permite mais aos profissionais atualizados e antenados à simplesmente fazer procedimentos isolados, como por exemplo aplicar apenas a toxina botulínica, Botox, ou focar no tratamento de uma ruga sem analisar o todo, sem avaliar o rosto e maneiras de embelezar as pessoas.

O que as mulheres consideradas mais bonitas têm em comum? Ao observarmos os rostos mais lindos do mundo podemos perceber rostos com ângulos bem definidos, alongados, queixos com leve projeção, contornos impecáveis, sem exagero em lábio, em bochecha ou qualquer outra área.

Notamos uma “sombra do blush” mais nítida, um rosto mais sexy. Temos que aceitar, que existe um certo padrão de beleza, um certo “tipo de rosto” que agrada mais, mas é preciso entender também que não podemos sair por aí fabricando rostos iguais.

A ideia da HARMONIZAÇÃO FACIAL METODO FULL FACE é realçar a beleza natural de cada pessoa. Destacar pontos favoráveis e suavizar os que não são.

Ao contrário dos métodos antigos de preenchimento e aplicações de toxina botulínica que procuravam, acima de tudo, esconder a ruga e até deixavam as pessoas com imagem “distorcida” a harmonização facial método FULL FACE busca criar uma harmonia, deixar o rosto com aspecto mais leve, menos cansado e bem atraente.

Quer saber mais?
Entre em contato no 36414670 ou 999577198

Dicas para cabelos loiros bem cuidados neste verão

Verão chegando e nessa época do ano o número de loiras no país se multiplica – afinal, o tom tem tudo a ver com a estação. A boa notícia é que não há restrições e todos os tons de pele, das brancas bem claras até as negras, podem experimentar a cor, basta saber quais tons combinam melhor com cada pele. O ideal é que o contraste entre cabelo e cútis não seja tão grande e que a cor dos fios siga a mesma temperatura da cor original.

Confira cinco dicas para seus cabelos loiros ficarem perfeitos:

1-Loiro acinzentado para quem tem pele branca rosada: devem apostar nos perolados e podem incrementar o look com algumas técnicas: “um fundo esfumado acinzentado aumenta a naturalidade da coloração. É o tom de loiro natural ideal para este tipo de pele.

2- Donas de pele branca amarelada: os cabelos com um dourado chapado deixaria a mulher de pele branca amarelada com a mesma cor da cabeça aos pés. Por isso, o aconselhável é aplicar pelo menos quatro tons diferentes para trazer vivacidade ao rosto. “Uma mistura de mel, caramelo e dois tons de dourado traz o loiro perfeito para quem tem esse tipo de pele. Usar a raiz ligeiramente mais escura do que o comprimento é outra estratégica que pode ser usada por quem busca um efeito mais natural.

3- Morenas amareladas: o ideal é que o loiro dessas mulheres não seja tão claro. Os pigmentos escolhidos podem ser dourados, mas precisam ser um pouco mais fechados para acompanhar a pele que também é mais escura.

4- Morenas rosadas: com esta cor base da pele devem apostar nos acinzentados, mas em um tom médio de loiro. É importante fugir dos acobreados, que são parecidos com o rosado original da pele e não ressaltam a beleza.

5- Morenas bronzeadas: o ideal é usar a cor de fundo das madeixas, que geralmente é mais escura, e fazer pontos estratégicos e espaçados de iluminação com loiros perolados ou mel. Indicado para essas mulheres é o ombré hair, que está em alta e pode ser feito com nuances de mel.

6- Negras: com fundo amarelado ficam bem com tons quentes de loiro-bege, que se aproximam do marrom natural. Já as que têm pele de base avermelhada, podem abusar do loiro dourado.

No Maria Bonita, podemos de ajudar e idealizar a melhor cor para seu tom de pele.

A importância dos implantes dentários

Os implantes dentários servem para restaurar a saúde bucal, preenchendo o espaço da perda ou ausência de dentes, com o objetivo de melhorar a mastigação, fala, estética e é claro, a autoestima do paciente.

Para que isso ocorra, é necessária a colocação de um pino, por meio de uma cirurgia no osso, que fará a adaptação com uma ou mais coroas, sejam elas fixas ou removíveis. Com os avanços odontológicos, existem diversos tipos de implantes existentes. O que muda entre eles são o material, formato, desenho, tamanho, modelo e preço.

O mais usado, recentemente, é o implante ósseo integrado com base de titânio. Ele é mais resistente e apresenta altas taxas de sucesso nos tratamentos.

Procure um dentista especialista em implantes e pergunte ao profissional qual é o melhor tratamento para o seu caso.  Afinal, um tratamento feito com qualidade trará benefícios para a sua saúde, assim como auto-estima.

Juízo! Cuide dos seus dentes do siso

Pelo menos metade da população sofre de dor durante o nascimento dos dentes de siso. Essa dor surge quando ele não tem espaço para se acomodar e acaba empurrando os dentes ao seu redor. Caso o problema não seja resolvido, problemas maiores podem surgir, como a pericoronarite.

Essa doença é causada pela falta de espaço na boca para que os dentes do siso nasçam. A pericoronarite é uma inflamação na gengiva que é causada pelo acúmulo de bactérias e alimentos que ficaram estocados no local que o siso conseguiu sair, apenas, parcialmente. Outros sintomas podem surgir, como: inchaço, dor, vermelhidão, mau cheiro e mau gosto na boca, secreção de pus, espasmos muscular na mandíbula e inchaço no rosto.

Então, tome juízo, seja prudente e evite problemas com seus dentes do siso. Faça uma visita ao dentista e verifique se será preciso retirá-lo. Muitos dentistas recomendam que a extração seja feita antes dos 20 anos,  pois há menos raízes desenvolvidas.

O que a harmonização facial pode fazer por você?

Todo o corpo deve funcionar de forma harmônica, funcionalmente e, de preferência, também esteticamente. É por isso que a harmonização facial tem um grande poder transformador na vida das pessoas. Com uma série de procedimentos, o profissional irá harmonizar os dentes com a boca, a com a face, tanto na estética, como funcionalmente.

Atualmente, não basta apenas cuidar dos dentes, todos os elementos da face devem ser pensados em conjunto. Além dos dentes, a gengiva, os lábios, as expressões faciais, as funções musculares faciais e as marcas de expressão, devem ser levadas em consideração. Com isso, aumenta-se as chances de um resultado mais completo e satisfatório.

O equilíbrio funcional e estético integrado é o que há de mais moderno em conceito de tratamento odontológico. Mais do que dentes lindos e alinhados, se os lábios estiverem irregulares, por exemplo, ou a função muscular estiver em desequilíbrio gerando marcas de expressão como o famoso “bigode chinês” (que é a linha nasolabial acentuada)  e o “código de barras” que são aquelas ruguinhas em torno do lábios, não atingiremos o potencial harmônico do rosto da pessoa. Por isso, a importância de um planejamento mais amplo envolvendo dentes, lábios e músculos da face.

É muito prazeroso para um profissional ver a diferença desse processo na vida de seus pacientes e as portas que se abrem para um rosto mais harmônico. A ciência segue desenvolvendo mais procedimentos e produtos, sempre visando a melhoria do bem estar das pessoas. E nós seguimos ligados em todas essas tendências!

Já pensou em ter um sorriso perfeito de um dia para o outro? Conheça as Lentes de Contato Dental

Você já ouviu falar em lentes de contato dental?

Elas são a mais recente sensação do mercado, e você já vai entender o por quê. A situação é assim: você entra no consultório do dentista com um sorriso amarelo e desalinhado. Em menos de duas horas de aplicação, seu sorriso sai perfeito e brilhante. Sem anestesia ou dor.

Ficou interessado? O processo começa a partir da primeira consulta com o dentista que irá fazer um molde do seu sorriso. Ele irá corrigir cor, tamanho e posição dos dentes. Seu novo sorriso vai ser planejado de acordo com o formato dos seus dentes, do seu rosto e até do seu estilo de vida. O dentista cria o modelo ideal a partir de fotos e modelos. Aprovado por você, o especialista em próteses vai produzir as lentes de contato de cada dente. Elas são feitas de laminados de porcelana super finos, moldadas por uma impressora 3D e colados sobre os dentes da pessoa, uma a uma.

A aplicação não precisa ser feita em todos os dentes. Geralmente, como é usada para fins estéticos, a lente de contato dental é aplicada nos dentes que aparecem no sorriso e devem durar de 8 a 10 anos.

Os cuidados são os mesmos que você já deve ter com seus dentes normalmente: escovar e passar o fio dental todos os dias, além de evitar morder alimentos muito duros e evitar o excesso de alimentos que mancham os dentes.

Quatro mitos sobre saúde bucal

1 – A perda dos dentes é consequência natural do envelhecimento.
MITO! A perda dentária é consequência de doenças bucais como a gengivite, cáries, etc. Com um tratamento de prevenção é possível chegar à terceira idade com todos os dentes na boca.

2 – Não preciso ir ao dentista porque não sinto dor.
MITO! A ausência de dor não significa ausência de problemas bucais. A cárie, por exemplo, no seu estágio inicial, não costuma doer.

3 – Mau hálito é problema de estômago.
MITO! Em geral, o mau hálito é provocado por problemas decorrente de má higiene oral ou infecção nas vias aéreas superiores.

4 – Quanto mais forte escovar os dentes, melhor é a limpeza.
MITO! Muita força na escovação pode machucar a gengiva e causar sua retração.

Como curar o mau hálito?

Halitose, mais conhecida como mau hálito, é um embaraçoso problema de higiene que ninguém quer ter, mas a maioria de nós tem de vez em quando. Para descobrir como curar o mau hálito, deve-se entender o que o causa.

A boca é cheia de bactérias e, comumente, uma boca suja é o que causa o mau hálito. A comida muitas vezes fica presa entre os dentes e ao longo da linha da gengiva. Quando essa área não é limpa, o mau hálito ocorre. Outra causa comum é comer comidas com odor forte, como alho, cebolas e até álcool. Esses tipos de comida criam o mau odor na boca e alguns até são absorvidos pelo seu corpo e entram na corrente sanguínea, causando o mau hálito pelos pulmões. Ocasionalmente, mau hálito pode ser um sinal de doença séria, como diabetes, falha hepática ou doença dos rins.

Aprenda como curar mau hálito seguindo essas dicas simples:

  • Escove e passe fio dental nos dentes regularmente
    Para o melhor resultado, escove seus dentes pelo menos três vezes ao dia, e passe o fio dental pelo menos uma vez ao dia. Isso deve remover a comida e as bactérias presas entre os dentes e a
    linha da gengiva.
  • Limpe sua língua
    Escovar e passar fio nos dentes geralmente não basta. A língua também é um viveiro de bactérias, células mortas e restos de comida. Use sua escova de dentes para escovar a língua, ou use um limpador de língua.
  • Hidrate-se com frequência
    Uma boca seca acontece quando não há saliva o bastante. Isso geralmente acontece quando você dorme e acorda com um “hálito matinal”. Mas isso pode ocorrer a todo momento do dia. A saliva é
    necessária para ajudar a limpar a boca e lavar as partículas de comida.
    Beba muita água ao longo do dia para ajudar a estimular a produção de saliva.
  • Cuidado com o que come
    É fácil evitar comer comidas que tendem a ser as principais culpadas do mau hálito, mas você também deve estar alerta para sua dieta. Dietas ricas em proteínas e baixas em carboidratos podem ser boas para sua saúde, mas deixam um mau odor na sua boca. Não comer carboidratos o suficiente pode fazer seu corpo queimar gordura ao invés de açúcar e, então, provocar o mau hálito.
  • Visite seu dentista
    Se você já praticou bons hábitos de cuidados bucais e ainda assim tem mau hálito, pode ser hora de visitar seu dentista e checar se seu hálito está sendo causado por algum problema mais sério.
    Praticar boa higiene bucal é essencial se você quer evitar e curar o mau hálito. Use algumas das dicas acima e vai estar no caminho certo para ter um hálito mais fresco.

Já pensou no que a falta do uso do fio dental pode causar?

Falta de fio dental pode causar sangramentos e doenças na gengiva. Boa escovação e higiene bucal garantem dentes mais bonitos e saudável.

Escovar os dentes após cada refeição é algo de que quase todo mundo lembra. Mas o fio dental muitas vezes é esquecido. É aí que começam a aparecer os sangramentos na gengiva e outros problemas, como a gengivite e a periodontite e cáries interproximais ( entre um dente e outro).

Além disso, usar muita força na escovação pode causar retração da gengiva, o que é capaz de expor a raiz dos dentes e aumentar a sensibilidade.

Com a gengiva mais retraída ou com sulcos, também podem entrar restos de comida que favorecem o mau hálito.
Mas todas as doenças têm tratamento e, principalmente, prevenção. Os cuidados geralmente se iniciam com uma raspagem do tártaro e com a correta higienização dos dentes.

Lembre-se: As doenças periodontais são mais um fator de risco para acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico e para problemas cardiovasculares como o infarto do miocárdio

Nesses casos, os micro-organismos da boca entram na circulação, se instalam nas artérias coronárias ou cerebrais e interrompem a nutrição desses órgãos.

Dica: Passe o fio sempre em todos os sulcos gengivais até o último dente. Para cada um deles, deve ser empregada uma parte nova do fio. Prefira uma escova com cerdas macias e suaves.

Prevenção é sempre o melhor caminho!